[Beleza] Como evitar o surgimento de espinhas


As espinhas são um problema muito comum e aparecem principalmente no rosto, costas, peitos e ombros. Apesar de ser um problema mais comum em adolescentes e jovens adultos, as espinhas podem aparecer em pessoas de todas as idade e raças.

Os cravos também são um grande problema, eles são basicamente o início da espinha. Quando nossos poros ficam obstruídos a gordura produzida pelas glândulas da pele não têm como ser eliminada, isso gera o cravo. Quando esse cravo infecciona ele se transforma na espinha.

Como prevenir
Algumas dicas básicas podem ajudar a prevenir bastante o aparecimento de cravos e espinhas. E evitá-las é o ideal, pois apesar de não ser um problema com consequências para sua saúde, o maior problema é estético. Além do incômodo e constrangimento que elas podem causar, o tratamento errado pode deixar cicatrizes.

Para evitar o aparecimento das indesejáveis espinhas, procure sempre lavar o rosto com sabonetes específicos para peles mistas a oleosas. Uma dica é após o banho lavar o rosto com sabonete específico para pele oleosa e fazer uma esfoliação. Após realizar a esfoliação lave bem o rosto com água fria.

Outra dica é nunca dormir maquiada, retire toda a maquiagem antes de dormir e passe um hidratante facial.
Não se esqueça de beber pelo menos 2 litros de água por dia. A água é fundamental para manter nossa pele sempre hidratada.

Uma dica para os homens é fazer a barba sempre com a lâmina afiada e certificar-se que ela não está enferrujada. Antes de passar a espuma ou creme de barbear, lave o rosto com água e sabão para ajudar a retirar as impurezas da pele e amaciar a barba.

O estresse apesar de não gerar os cravos e espinhas, pode agravar o problema.
Banhos com água muito quente pode favorecer o aparecimento das espinhas, por isso o ideal é sempre tomar banho com água morna ou fria e não demorar mais que 10 minutos nele.

Comer chocolate causa espinha?
Até agora nenhum estudo comprovou a ligação direta entre o chocolate e o aparecimento das espinhas. Portanto essa história é um mito.

Para quem já sofre com a acne é recomendado procurar ajuda de um dermatologista , pois o tratamento vai depender do estágio de seu problema. Em caso mais leves pode ser feito através de cremes. Já para casos mais graves geralmente o tratamento é realizado via oral, através de anti-inflamatórios e antibióticos.

:: Créditos: Top Diário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário