História do Cupcake

Oi Gente, depois de algum tempinho, venho finalmente postar no Liny's eu estava apenas postando no RBD 4Eveer e no Mury's World (Estou viciada no jogo AIKA e acabo não procurando nada para postar aqui), mas agora vou começar a postar novamente.
Meu curso já está termindo, UHU, então vou fazer 1 (ou +) layout para sorteio e vou abrir o meu Portfolio (FINALMENTE).

Já que não tenho ideias melhores deixo a "História do CupCake", sei lá o por que me deu vontade de postar isso!


Esse pequeno bolo tem origem no Reino Unido, onde são chamados até hoje de Fairy Cakes (bolo das fadas), tradicionalmente um bolinho de baunilha com cobertura de fondant, presente no clássico chá das 5.
O termo Cupcake é mencionado pela primeira vez no livro Seventy-Five Receipts for Pastry, Cakes, and Sweetmeats de Eliza Leslie, 1828.


A ideia de fazer um bolo de maneira rápida e com ingredientes básicos revolucionou o mundo da confeitaria dos Estados Unidos no século XIX. A maneira de preparar o cupcake rompeu com todas as tradições culinárias, uma vez que seus ingredientes eram medidos em xícaras, como o próprio nome sugere cupcake = bolo de xícara.

O surgimento desta nova técnica de preparo foi bastante conveniente, uma vez que os bolos de tamanho tradicional tinham seus ingredientes pesados em balanças e demoravam muito para assar nos fornos antigos. Até o início do século XX, não existiam formas para assar os bolinhos, o que fez com que a maioria das padarias os assasse em latas pequenas, surgindo, então, mais uma teoria para o termo cupcake. Hoje, porém, existe uma infinidade de produtos destinados ao preparo desta pequena sobremesa.


Assim, desde o seu surgimento, os cupcakes tornaram-se uma tendência da cultura pop no mundo da culinária mundial. Sua popularidade alcançou o mundo e nos últimos anos os brasileiros por muitas razões. A possibilidade de combinar sabores extravagantes, seu tamanho ideal para uma pessoa, facilidade no transporte, versatilidade na embalagem e decoração e nas formas são seus principais adjetivos. Sem contar, obviamente, na relação lúdica que existe entre o homem e este pequeno bolo, pois remonta a um estado de alegria, diversão, infância.

Aniversários, pequenas reuniões, grandes jantares, eventos corporativos, casamentos. Tudo é motivo para oferecer um cupcake, pois agradam a adultos e crianças igualmente e é um verdadeiro deleite para quem os come.






Enquanto o chocolate e baunilha permanecerem clássicos no mundo da confeitaria, ali estarão bons motivos para se comer cupcakes!


:: Créditos: http://eventu.biz/blog/2010/07/01/cupcakes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário