Adeus bigode!

Saiba o porquê dos pelinhos indesejados e veja dicas seguras para acabar com o buço.

Não foi apenas a personagem Griselda (Lilia Cabral) em Fina Estampa que precisou dar adeus ao "bigodão". Muitas mulheres enfrentam o mesmo problema: fazer o buço todo mês para eliminar os pelinhos indesejáveis. Mas você sabe por que algumas mulheres têm mais pelos nesta região? E qual a melhor maneira de acabar com eles?


Larissa Hanauer, dermatologista, explica que os pelos podem ter origem familiar ou surgirem por causa de alterações hormonais, como síndrome do ovário policístico, por exemplo. "Algumas mulheres têm mais pelos no buço simplesmente por uma maior sensibilidade dos receptores hormonais nesta área", diz a especialista.
Larissa alerta que não existem produtos 100% seguros para remoção dos pelos na região. Por isso é necessário que se faça um teste para verificar a possibilidade de reações alérgicas e até manchas na pele. "É preciso ter muito cuidado, pois algumas manchas são irreversíveis", afirma. A médica da clínica explica ainda que a técnica mais indicada para remoção do buço é o laser.

"Os mais eficazes são o de alexandrite e o diiodo. São necessárias em média cinco sessões com intervalo mensal". A dermatologista conta que se existirem disfunções hormonais não controladas, pode haver necessidade de mais algumas sessões de laser. Mesmo assim, ela fala que vale à pena investir no procedimento: "Além de reduzir o pelo na região, o laser também pode clarear a pele. Já outras técnicas como cera, pinça ou linha podem agredi-la e manchá-la, piorando o aspecto".
E para quem costuma pegar a gilete do marido pra "aparar o bigode", ela alerta: "A lâmina de barbear deixa um aspecto de pelo mais grosso devido ao sentido do corte". Evite!


Créditos: http://estilo.br.msn.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário