Você sabe cuidar da bateria do seu notebook?

“Carregar todos os dias?”
“Descarregar completamente?”
“Quantas recargas ela suporta?”
Essas e outras dúvidas são típicas de donos de notebooks que não têm um conhecimento de eletrônica. O Guanabara.info reuniu, em um pequeno tutorial, informações que ensinam e tiram algumas dúvidas sobre os cuidados que devemos ter com nosso equipamento e prolongar sua vida útil.
Clique em leia mais e tire suas dúvidas!

As células podem vazar ou explodir se aquecidas a temperaturas superiores a 60 graus, ou caso sejam carregadas além de seu limite energético. Outro problema é que as células oxidam rapidamente caso completamente descarregadas, o que demanda uma grande atenção.
Para tornar as baterias confiáveis, todas as baterias Li-Ion usadas comercialmente possuem algum tipo de circuito inteligente, que monitora a carga da bateria. Ele interrompe o carregamento quando a bateria atinge uma tensão limite e interrompe o fornecimento quando a bateria está quase descarregada, a fim de evitar o descarregamento completo. A obrigatoriedade do uso do chip é o principal motivo das pilhas recarregáveis ainda serem todas Ni-MH ou Ni-Cad: seria muito dispendioso incluir um chip em cada pilha (fora o fato das células Li-ion trabalharem a 3.6V).
Outra questão interessante, sobretudo nos notebooks, é que as baterias são compostas por de 3 a 9 células independentes. O circuito não tem como monitorar a tensão individual de cada célula, mas apenas do conjunto. Isso faz com que, em situações onde as células fiquem fora de balanço, ou em casos onde uma das células apresenta algum defeito prematuro, o circuito passe a interromper o fornecimento de energia após pouco tempo de uso. Surgem então os numerosos casos onde uma bateria que originalmente durava 2 horas, passa a durar 15 minutos, por exemplo.
Na maioria dos notebooks, o circuito da bateria trabalha em conjunto com a BIOS da placa mãe, o que abre margem para erros diversos. É comum que, depois de várias cargas parciais, o monitor da BIOS fique fora de balanço e passe a calcular a capacidade da bateria de forma errônea. Ele passa a sempre fazer recargas parciais, o que faz a bateria durar cada vez menos, muito embora as células continuem perfeitamente saudáveis.
É por isso que muitos notebooks incluem utilitários para “calibrar” a bateria, disponíveis no setup. Eles realizam um ciclo de carga e descarga completo, atualizando as medições.
Quando for deixá-la sem uso, as baterias Li-ion se deterioram mais rapidamente quando completamente carregadas ou quando descarregadas, por isso o ideal é deixar a bateria com 40% de carga. O calor também acelera o processo, por isso, quanto mais frio o ambiente, melhor.
Segundo o battery university, uma bateria completamente carregada, guardada numa estufa, a 60° C, pode perder mais de 40% de sua capacidade depois de apenas 3 meses, enquanto uma bateria conservada a 0° C, com 40% da carga, perderia apenas 2% depois de um ano.
Evite descarregar a bateria completamente quando isso não é necessário. O melhor é simplesmente usar e carregar a bateria seguindo seu ciclo de uso. Outra dica é que a durabilidade da bateria é menor quando submetida a descargas rápidas, por isso gravar DVDs no notebook usando a carga das baterias não é uma boa idéia . A cada 20 ou 30 recargas, é interessante realizar um ciclo completo de carga e descarga, a fim de “calibrar” as medições do chip e do monitor da BIOS.
A princípio, retirar a bateria de um notebook que fica ligado na tomada na maior parte do tempo seria uma boa idéia para aumentar sua (da bateria) vida útil. O problema é que a maioria dos notebooks usam a bateria como escape para picos de tensão provenientes da rede elétrica. Removendo a bateria, esta proteção é perdida, o que pode abreviar a vida útil do equipamento.
Recomendações de uso da Bateria de Notebook:
01 – Baterias de Li-íon (notebooks atuais) não causam efeito memória. (famoso vicio de bateria). Somente as baterias de NiMn e NiCd têm efeito memória.
02 – A vida útil de uma bateria de notebook varia de 500 a 800 ciclos de carga/descarga. (feita para durar de 2 a 3 anos com uso racional, claro). O uso intenso da bateria, por exemplo: executivos, vendedores externos, a vida dela não deve passar de 1 ano devido ao grande volume de ciclos carga/descarga.
03 – Para guardar por muito tempo, nunca carregue a bateria e retire do notebook. (quando voltar pra pegar e usar ela no notebook, corre o risco de ter perdido a capacidade de carga de antes)
04 – Nunca descarregue totalmente a bateria do notebook e nem guarde também desse modo. A bateria guardada vai perder o restinho de capacidade de carga e pode chegar a 0%. Se chegar, adeus – Não pega mais carga.
05 – Quando o windows avisar que a bateria deve ser carregada, deixe ele correr até 1% e só depois coloque o carregador.
06 – NÃO FAÇA CARGA/DESCARGA DA BATERIA TODO DIA!!!! A não ser que seu trabalho induza a isso. Você estará reduzindo os ciclos de carga/descaga da bateria. A vida útil cai.
07 – Se tiver oportunidade no local de usar a corrente alternada (na tomada), opte por isso.
08 – Faça DESCARGA/CARGA na Bateria em média 3 vezes por mês.
09 – Deu queda de energia de mais de 1 minuto?? Então retire o cabo de força do notebook e use NA BATERIA até esgotar.
10 – Ficar retirando e colocando a bateria do notebook pode causar degastes no cotato bateria/note. E com isso, ela poderá também ficar folgada futuramente na carcaça do notebook.
Pode-se também seguir uma sistemática de uso assim:
1 – gaste primeiro a bateria até chegar 1%;
2 – carregue a bateria completamente;
3 – use a bateria do notebook até chegar uns 40% sobrando de carga;
4 – retire a bateria do notebook e guarde na pasta com esta carga;
5 – vá usando o laptop apenas no carregador durante a semana;
6 – após uma semana, coloque a bateria e use o restante da carga;
7 – depois que gastar o restante até 1%, carregue completamente.
8 – novamente use até a bateria atingir 40% e guarde na pasta. E volte a usar na tomada.
9 – vai repetindo o processo de semana em semana.
Ao final de 1 ano, sua bateria deverá ter completado apenas uns 36 ciclos de carga/descarga. Somando aí os trabalhos EXTERNOS com o note, você estará consumindo no mais ou menos uns 200 ciclos de carga/descarga em 1 ano.

Fonte: Fórum notebook
Créditos: http://www.guanabara.info

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário